O CineMaterna

O CineMaterna é feito de gente que sabe o que é ir dormir mulher e acordar mãe.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre o CineMaterna

Somos especialistas em mães recém-nascidas.

Para a mãe recém-nascida, não importa se este é o primeiro ou o quarto filho. O pós-parto é um momento especial, porém de muita vulnerabilidade.

É quando ela se desconecta do mundo para servir e estabelecer um vínculo intenso com o seu bebê. O CineMaterna conhece profundamente este universo tão rico, amplo e ainda desconhecido. E aposta que, cuidando da mãe com carinho, pode ajudá-la a percorrer o caminho de volta.

Começou assim:

São Paulo, fevereiro de 2008. Em um grupo de discussão sobre parto humanizado e maternidade ativa pela internet, um dia, uma das mães conta que sente saudades de ir ao cinema depois do nascimento do primeiro filho. As mães se organizam e dez delas – com seus bebês – “invadem” uma sala de cinema.

O sucesso da primeira empreitada dá início a encontros semanais no cinema, seguidos de bate-papo num café, em meio à amamentação e trocas de fraldas. As mães retomam sua vida cultural e trocam experiências sobre a maternidade.

Passados alguns meses, o grupo lança a primeira sessão amigável para bebês, acolhido por uma rede de cinemas, que reconhece o valor da iniciativa.

Nasce oficialmente, em agosto de 2008, o CineMaterna. No dia 26, é fundada a Associação CineMaterna.

Somos uma empresa social, sem fins lucrativos, e comprometida com as seguintes metas:

  • Resgate social da puérpera (mãe de um recém-nascido) através da cultura;
  • Incentivar a troca de experiências entre mulheres sobre as diversas questões da maternidade, sempre com o intuito de difundir a cultura;
  • Promoção da segurança alimentar e nutricional.
Clique aqui e leia o relatório anual

Depoimentos

"Simplesmente amei! Fiz uma coisa que adoro, ir ao cinema, e, o que é melhor, na companhia do meu filho" Diane, mãe de Davi, 4 meses

Veja outros depoimentos

O CineMaterna em números

357 mães colaboradoras
algumas das voluntárias que levam calor e acolhida para as sessões
  • 44 cidades
  • Em 2016 recebemos
  • 51 mil adultos
  • 29 mil bebês

Nossas fundadoras

Irene Nagashima administradora de empresas, mãe de dois meninos, por um feliz acaso tornou-se a organizadora do CineMaterna, negociando a programação e a preparação da sala, realizando enquetes semanais com as interessadas e convidando-as para um café com bate-papo após as sessões.

Taís Viana engenheira, mãe de uma meninona, tem espírito empreendedor. Transformou este simpático grupo de mães em uma organização nacional, negociando a expansão da rede, implementando as sessões em novos shoppings, captando patrocinadores e parceiros, sonhando e planejando o futuro do CineMaterna.

E tem mais gente

Carol Troque, mãe de um menininho que muito frequentou o CineMaterna, é designer. Garante que a gente tenha sempre toda a cenografia, mais banners e vale-ingressos, para as sessões de cinema mais animadas do pedaço.

Gisele Silva, jornalista, é mãe de uma menina grande com olhos de jabuticaba e responsável pela comunicação online e o relacionamento com o público no meio digital, tornando o CineMaterna um espaço virtual acolhedor.

Gláucia Colebrusco, advogada, mãe de uma menina-furacão e de um menino ogro, supervisiona as equipes no Brasil para que as sessões ocorram com tranquilidade, com a acolhedora recepção pink.

Juliana Freire, mãe de uma menina comprida, cuida das finanças do CineMaterna. Além disso, é responsável por garantir que todos os equipamentos e materiais estejam disponíveis e ao alcance das mãos nas sessões.

Karina Campo, turismóloga, mãe de uma pipoca e um pequeno herói, gerencia o relacionamento com os shoppings centers, que querem centros comerciais mais amigáveis às famílias.

Ligia Ximenes, outra jornalista, mãe de duas loirinhas quase gêmeas, se não tivessem nascido com cinco anos de diferença. Cuida do site e ajuda a organizar a memória do CineMaterna.

Marcela Santos, mãe de uma menina e nossa TI. Suas especialidades? HTML, PHP, ColdFusion, ASP.NET, C#, JavaScript, AngularJS, Delphi, SQL Server, Oracle, MySQL. A caçula da equipe é um furacão. Não há problema que ela não mate no peito e chute pro gol.

Maria Rita Barbi, engenheira, mãe de um bolota falante, é responsável por manter os patrocinadores satisfeitos e assim, proporcionarmos a cada vez mais mães e bebês, um pós-parto feliz chamado CineMaterna.

Tatiana Storni, nutricionista, mãe de uma menina de cabelos fartos e de um caçula sorridente, gerencia os eventos especiais do CineMaterna. Tem papel fundamental para que a deliciosa experiência de ir ao cinema com seu bebê surpreenda mais e mais nosso público.

E mais uma grande e dedicada equipe de mães voluntárias, que cuidam de todos os detalhes nas sessões.